29 Janeiro 2009

Neste artigo, o Futebol Finance, aponta 6 medidas para 'salvar' o negócio do futebol:

- sistema de controlo de gestão desportivo e financeiro autónomo

- participação dos clubes, com o peso dos seus resultados desportivos, na organização e gestão das competições e nas decisões internas das suas ligas e associações

- introdução de meios tecnológicos de apoio à arbitragem.

- fomentar a formação de jogadores e introduzir regras consonantes

- apoios financeiros do Estado seriam canalizados para formação

- melhor distribuição das receitas de marketing, marca, merchandising e direitos televisivos possível pela centralização da gestão de cada competição ou liga

Eu acrescentaria a essas medidas a separação da arbitragem da Liga e da Federação, autonomizando-se enquanto órgão ou sociedade comercial.

Já existem boas práticas que não vindo a ser seguidas e que são apontadas e referidas.

Esperemos que o futebol português ainda vá a tempo de as tomar (apesar daquela das receitas e sua distribuição parecer ser quase impossível, até 2013).

publicado por RPF às 08:09

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9