28 Janeiro 2009

Como somos 'fracos' a avaliar seja o que for, não está na nossa formação base, necessitamos sempre que outros o façam por nós e que sejam eles a transmitir 'as boas ou más novas'.

Por tradição, ou será por formação, só acreditamos nas 'más novas'.

No entanto, ás vezes, somos surpreendidos, como no caso da reforma do ensino (em especial o ensino básico) e somos elevados a exemplo mundial.

Ora este relatório, que pode ser lido aqui, da OCDE deita por terra os argumentos daqueles que 'defendem uma escola publica de qualidade' e que têm sido os entraves a essa modernização. Já nem falo daquilo que deveríamos estar a discutir, como se refere também neste relatório, que é a autonomia curricular e o modelo de gestão na 'nova escola'.

Ficamo-nos pela "discussãozita" corporativa dos 'direitos adquiridos'.

 

publicado por RPF às 15:34

mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9