29 Janeiro 2009

Temos sido 'sistemáticamente bombardeados' com a necessidade de intervenção dos governos na economia para recuperar da crise.

A grande maioria dos economistas, em Portugal e em todo o Mundo, falam nessa intervenção e até colocaram os objectivos que deve envolver : deve ser temporária, propritáriamente defender o emprego, apoiar as empresas e as familias e centrar-se no investimento publico em áreas como infraestruturas, novas tecnologias e energia renovável.

Agora, li este artigo de Donald J. Boudreaux (Diretor do Departamento de Economia da Universidade George Mason) que é perfeitamente contrário à intervenção dos Governos na economia.

Os seus argumentos, que têm lógica, merecem ser lidos, relidos e reflectidos por cada de um nós, para ver se assumimos definitivamente a nossa responsabilidade individual, e não só a colectiva, na situação.

Só assim poderemos entender que todos e cada um têm um contributo a dar para a sua resolução.

Eu sei que sou um leigo nesta matéria e que ele se refere aos EUA, mas em Portugal não é o mesmo?.

 

publicado por RPF às 10:41

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9