24 Junho 2008

O Governo espanhol veio agora avançar que o crescimento da economia, em 2008, não deverá atingir 2%.

Ainda bem que foi em Espanha porque se fosse em Portugal 'caia o Carmo e Trindade'.

Para vermos a dimensão do 'erro' basta olharmos para que a previsão do Governo espanhol na apresentação do Orçamento era de  3,7 % (não me enganei foi mesmo este numero) e no final de Janeiro já ía (de acordo com previsões do FMI) em 2,6 %. Agora, é o que vemos, menos de 2 %.

Esta não é uma noticia que nos deva encher de satisfação porque terá garantidamente um impacto em Portugal, em particular nas suas exportações.

Seremos capazes de resistir?. Este é o momento em que vamos verificar se a nossa economia e as nossas empresas vão ser capazes de diversificar os seus mercados com capacidade competitiva.

Eu penso que sim, mas muitos acreditam que não.

Interrogo-me, muitas vezes, qual o gosto que temos em nos desvalorizarmos. Todos dizem que podemos ser os melhores mas passam o tempo a desqualificar qualquer acção que se faça ou qualquer meta que se atinja.

publicado por RPF às 10:05

mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14