11 Março 2009

Recebi, via mail, de um amigo esta pérola que descreve o que nos pode, muito bem, vir a acontecer, no futuro.

Não resisto a publicá-la (não citando o autor por desconhecimento):

 

EM 2019 !!! Assim vai ser o nosso futuro???

- Telefonista: Pizza XXX, boa noite!
- Cliente: Boa noite, quero encomendar Pizzas...
- Telefonista: Pode-me dar o seu NIN?
- Cliente: Sim, o meu Número de Identificação Nacional é o 0000 0000 0000 0000 0000.
- Telefonista: Obrigada, Sr. Silva. O seu endereço é na Avenida XXXXXXXX, nº 0, Apartamento 00, e o número do seu telefone é o 200 000 000, certo? O telefone do seu escritório na XXXXXXX, é o 200 000 111 e o seu telemóvel é o 999 999 999, correcto?
- Cliente: Como é que conseguiu todas essas informações?
- Telefonista: Porque estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.
- Cliente: Ah, sim, é verdade! Quero encomendar duas Pizzas: uma Quatro Queijos e outra Calabresa...
- Telefonista: Talvez não seja boa ideia...
- Cliente: O quê...?
- Telefonista: Consta na sua ficha médica que o senhor sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a saúde.
- Cliente: Claro! Tem razão! O que é que sugere?
- Telefonista: Por que é que não experimenta a nossa Pizza Superlight, com Tofu e rabanetes? O senhor vai adorar!
- Cliente: Como é que sabe que vou adorar?
- Telefonista: O senhor consultou a página 'Receitas Gulosas com Soja' da Biblioteca Municipal, no dia 15 de Janeiro, às 14:27 e permaneceu ligado à rede durante 39 minutos. Daí a minha sugestão...
- Cliente: Ok, está bem! Mande-me então duas Pizzas tamanho familiar!
- Telefonista: É a escolha certa para o senhor, a sua esposa e os vossos quatro filhos, pode ter a certeza.
- Cliente: Quanto é?
- Telefonista: São € 49,99.
- Cliente: Quer o número do meu Cartão de Crédito?
- Telefonista: Lamento, mas o senhor vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu Cartão de Crédito foi ultrapassado.
- Cliente: Tudo bem. Posso ir ao Multibanco levantar dinheiro antes que chegue a Pizza.
- Telefonista: Duvido que consiga. A sua Conta de Depósito à Ordem está com o saldo negativo.
- Cliente: Meta-se na sua vida! Mande-me as Pizzas que eu arranjo o dinheiro. Quando é que entregam?
- Telefonista: Estamos um pouco atrasados. Serão entregues em 45 minutos. Se estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar duas Pizzas na moto, não é lá muito aconselhável. Além de ser perigoso...
- Cliente: Mas que história é essa? Como é que sabe que eu vou de moto?
- Telefonista: Peço desculpa, mas reparei aqui que não pagou as últimas prestações do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga e então, pensei que fosse utilizá-la.
- Cliente: Foooddddddd.......!!!!!!!!!
- Telefonista: Gostaria de pedir-lhe para não ser mal educado... Não se esqueça de que já foi condenado em Julho de 2006 por desacato em público a um Agente da Autoridade
- Cliente: (Silêncio).
- Telefonista: Mais alguma coisa?
- Cliente: Não. É só isso... Não. Espere... Não se esqueça dos 2 litros de Coca-Cola que constam na promoção.
- Telefonista: O regulamento da nossa promoção, conforme citado no artigo 999999/99, proíbe a venda de bebidas com açúcar a pessoas diabéticas...
- Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou atirar-me pela janela!!!!!
- Telefonista: E torcer um pé? O senhor mora no rés-do-chão...!

publicado por RPF às 09:37
tags:

Talvez não seja assim tão anedota.

Já que partilha do interesse nestes assuntos, deixe-me partilhar consigo também um blog que estou a levar a cabo com uns amigos meus. Talvez se interess :)

http://odetriunfante.wordpress.com

Abraço
Joao Teixeira a 11 de Março de 2009 às 18:17

O problema não está na existência do registo deste tipo de dados.
O problema está na perversão de quem pode vir a ter acesso aos mesmos e ao tipo de utilização que lhes pretende dar.
Muitos de nós temos acesso a dados com relativo sigilo , mas por cultura profissional e/ou falta de "mesquinhez" nunca nos passou pela cabeça trabalha-los deste modo.
Resta-nos esperar que os nossos "eleitos" saibam legislar, retirando o que de bom a tecnologia nos pode dar a este nível, sem que o poder da mesma caia nas mãos de organizações com mentes perversas.
Sinceramente tenho dúvidas que não venham a existir atropelos com justificações relacionadas com segurança, prevenção, saúde, inovação, .... etc , mas ainda mantenho a esperança...?
k2ou3 a 11 de Março de 2009 às 23:01

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9