30 Junho 2008

Cheguei á minha 1ª meta. Conseguir um mês de funcionamento do blog com post's diários.

Confesso que as visitas foram poucas (só alguns amigos de arriscaram a ler e a comentar) mas esse não era o meu objectivo nem fiz qualquer divulgação.

O que aconteceu, aconteceu por si e pelo 'mérito' de cada post.

Sei que não consegui um tema base especifico que desse consistência temática ao Blog, mas o que querem as conversa de café são mesmo assim, anárquicas.

É o momento de marcar um novo objectivo : já está.

Um dos pontos que reputo de importante é a frase, que pretendia fosse mensal, e que marcava um período de reflexão de um mês.

Parece-me demasiado longo, pelo que o vou reduzir para quinze dias (i.e. no dia 1 e 15 do mês de Julho substituirei a frase que espero se transforme 'no pensamento da quinzena'). Aproveito e alterarei o layout do blog por forma a dar-lhe o destaque que, em meu entender, merece. Mas já devem ter reparado.

 


30 Junho 2008

Acabei de ver, no Portugal em directo na RTP 1, algo que há alguns anos, muitos, quando trabalhei nas Caldas da Rainha, nunca pensei . A SECLA vai fechar.

É difícil de ver e ouvir, até pelas questões pessoais que envolve, mas trata-se de um ciclo que se fecha por, muitas vezes é, incapacidade de adaptação às mudanças que acontecem diariamente.

Lembra-me, quando era menino e moço, de que havia 'ferradores' e que vieram a acabar (não houve hipóteses de travar o aparecimento dos carros em vez dos veículos de tracção animal e alguns deles não passaram para mecânicos ou vendedores de pneus).

Mas o que mais me impressionou foi ouvir um deputado do PCP, lamento mas não retive o nome, e o Sr. Francisco Louça a dizer que há encomendas, i.e., eles devem ter feito vendas do produto que iria ser fabricado.

Não disseram quais, mas isso também não é o que queremos ouvir.

O pior é que os accionistas da SECLA não os nomeiam para a Administração quando a Empresa estaria salva em vez de acabar.

São mesmo 'burros', não acham?.

 

publicado por RPF às 21:49

30 Junho 2008

Sr.Ministro Jaime Silva o que o Sr. Marcelo Rebelo de Sousa lhe fez  foi um elogio.

Quer ver?. pense assim. Foi feito por uma pessoa que sendo especialista em 1.248 áreas e matérias, e com a exposição mediática que tem (aparece mais na semana que todos os membros do governo, juntos) ainda não conseguiu ser nomeado para o melhor do mundo ... em qualquer coisa.

Por outro lado tem muitas importantes vitórias na sua vida publica (a derrota, passada, do referendo do aborto e da regionalização) e a quase vitória (mesmo com mergulho no Tejo) na C. M. de Lisboa, e pois ...... não me lembro mas devem ser muitas.

Portanto não foi qualquer pessoa que o considera o maior do mundo.

Só é pena que não tenha proposto o registo do facto no Guinness (será porque é preciso provar?).

De qualquer modo, ser o melhor do mundo é sempre brilhante num País em que quando se é o maior dos últimos 20 km do Ocidente da Europa é muito bom.

Parabéns.

 

publicado por RPF às 20:26
tags:

30 Junho 2008

Posso dizer que a noticia de hoje, de que o TIC, tinha decidido não acusar o Presidente do FCP e o trio de arbitragem do jogo Estrela da Amadora - Benfica (da época de 2003/2004) nem algumas outras pessoas, de qualquer facto ilícito me deixou surpreso.

A minha surpresa advém do facto de ter ouvido, aquando da leitura publica (em directo na televisão) da decisão de punir o FCP por tentativa de corrupção nesse jogo, efectuada pelo Sr. Presidente do Conselho de Disciplina da Liga, em que referiu que, mesmo sem as escutas, havia matéria e declarações mais do que suficientes para dar os factos como provados.

Então e porque é que o TIC tem uma visão diferente?

Só pode ser por :

- a investigação liderada pela Procuradora Geral Adjunta Maria José Morgado não fez o trabalho de investigação de forma adequada (parece inverosímil porque até se tratou de uma reabertura de um processo já arquivado pelo DIAP) da forma que o CD conseguiu.

- O juíz do TIC do Porto não analisou e valorizou bem os factos que lhe foram entregues para sustentar a acusação (parece-me pouco provável porque costumam valorar de acordo com a acusação que é efectuada).

Desta forma, e como tenho muito mais confiança no modelo de justiça do País do que  no dos órgãos desportivos, só pode restar uma opção, muito rebuscada e mesmo improvável:

- que alguém quisesse apresar uma decisão de castigo a tempo de outrem poder vir a tentar jogar a Liga dos Campeões.

Não acredito, mas estou como ao facto de existirem 'bruxas' ....

Assim, só me resta fazer um apelo ao Conselho de Disciplina da Liga para que entregue à procuradora Geral Adjunta todos os factos que tem, e parece que a Policia Judiciária não conseguiu reunir, resultantes da investigação que fez, e que possam levar a uma nova reabertura do processo, levada a julgamento e posterior condenação.

De outro modo já deixaram o Conselho de Justiça da Federação em maus lençóis bem  como o Sr. Platini (Presidente da UEFA).

 

publicado por RPF às 19:03
tags:

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14