10 Julho 2008

- Se somos tão rigorosos em não querer o 'facilitismo' nos exames nacionais (quem não sabe tem de chumbar) , porque é que não temos a mesma opinião quando encontramos empresas que não são capazes de ter boa nota no exame do mercado e da competição? (se uma empresa falha todos temos de a ajudar)

publicado por RPF às 09:36

10 Julho 2008

Na 5ª. feira passada estive a almoçar, felizmente um almoço prolongado, com dois amigos em Vila Real de Santo António.

Das várias conversas que tivemos, muitas delas de 'boatos' da região, houve uma que me ficou na cabeça, e que quero partilhar porque é importante para o modo como, continuamos, a encarar as PME's.

Há 3 empresas no Algarve do mesmo sector, não quero identificá-las, e que passaram por uma fase de transição com sucessos diferentes.

Os fundadores saíram, por razões várias, e deixaram, como é habitual e expectável, a sucessão aos filhos.

O problema é que o que deve ser deixado aos filhos não é a gestão mas sim a propriedade, a não ser que algum esteja preparado para tal.

Se tal não acontecer, e como entretanto houve um crescimento, o negócio deve ser entregue a quem o sabe (conhecimentos, experiência, etc.) gerir e não a quem tem relações familiares com os fundadores.

A transição de «patrão' para 'empresário' tem sido difícil e tem arrastado empresas que foram de sucesso para a ruína.

 

publicado por RPF às 09:02

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9