24 Agosto 2008

Uma das questões que mais nos 'assustam' a todos, é a segurança.

Esta é a função primordial do Estado sem a qual as outras, prosperidade e bem-estar, não se conseguem cumprir.

Também é aquela em que a racionalidade é menos evidente, i.e. trata-se de uma noção que tem muito a ver com o sentimento/sensação e pouco a ver com factos reais e concretos.

Por esse motivo é muito afectada pela informação/comunicação.

Um estudo efectuado nos EUA, que não seria mal pensado ser efectuado em Portugal, mostra que, afinal, alguma criminalidade tem pouco a ver com as condições económicas, como em muitos casos se pretende mostrar, nem com o aumento do numero de pessoas presas. Trata-se de um estudo do Federal Reserve Bank of St. Louis e cujo texto completo pode ser lido aqui.

No limite, ou somos muito diferentes dos EUA ou há outros motivos para a criminalidade que não as condições económicas, como tantas vezes se refere.

 

publicado por RPF às 06:40
tags:

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9