18 Novembro 2008

Na realidade a situação actual coloca-nos a todos, para além de problemas de coerẽncia de pensamento, a necessidade de olharmos para os modelos, e teorias, económicas  com outros olhos.

Já não sabemos bem o que diferencia os vários sistemas económicos e as próprias ideologias.

Vejam este caso em que o governo do Reino Unido faz, com grande oublicidade, uma reunião com os banqueiros com o objectivo de querer que sejam repercutidos, nos juros a cobrar aos clientes finais, as descidas que o Banco de Inglaterra efectua nas taxas de juros.

Parece algo inconcebivel, quando se leva a tribunal dirigentes de empresas de aviação por suspeitas de concertação de preços, passando para os clientes os aumentos das taxas de combustiveis.

Afinal onde está a lógica e a coerência do sistema?.

Só podemos pensar que não existe e que o que é feito pelos governos tem toda a legitimidade e o que é feito pelas empresas é mau.

Atenção para não cairmos numa lógica 'comunista' que não é a adequada aos tempos que já vivemos e iremos viver.

Começo a ter algum medo?. E vós?.

 

publicado por RPF às 10:55

18 Novembro 2008

É uma boa pergunta.

Não sei a resposta mas essa é a realidade. As empresas e organizações ligadas aos ensinamentos do Corão não estão a sentir as dificuldades das suas congéneres europeias e americanas.

Não pode ser só um problema (ajuda) do petróleo.

Neste artigo, da BusinessWeek,  poderemos encontrar algumas explicações para o facto.

Será que a religião influencia a forma como fazemos negócio ou então tem só a ver com a responsabilidade social que as empresas e organizações assumem?.

 

publicado por RPF às 07:08

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9