24 Novembro 2008

Eu garanto que tenho dificuldade em entender vários aspectos da avaliação dos professores.

Aquela onde a minha dificuldade é maior, reconheço, é a incapacidade, como é referida, de um professor analisar o desempenho de outro.

Sempre trabalhei em empresas onde existia avaliação. Essa avaliação tinha dois níveis : contribuição para os resultados e desempenho.

Na contribuição para os resultados eram avaliados parâmetros que tinham a ver com o cumprimentos dos objectivos individuais e do grupo. Na avaliação do desempenho eram avaliados a forma como esses resultados eram alcançados, i.e. o cumprimentos das regras, a forma como as tarefas administrativas eram efectuadas, a elaboração de propostas, o processo de negociação com os clientes, as reclamações, os erros, as decisões, etc...

Deste modo não entendo a dificuldade de um professor avaliar se um seu colega faz a transferência de saberes e a forma como os alunos apreendem e a capacidade de desenvolvem de utilizar os conhecimentos e aplicá-los.

Por outro lado não entendo que os resultados dos alunos não sejam relevantes, isto parece indiciar que a identificação de que os alunos aprendem ou não, não é um problema do professor mas dos alunos.

Já ouvi desculpas menos 'esfarrapadas' para não fazer.

 

publicado por RPF às 07:24

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9