31 Janeiro 2009

Parece que sim, se não forem de imediato tomadas medidas que apoiem os países pobres a dinamizar a agricultura, derrubadas as barreiras ao livre comércio em conjunção com o fim dos apoios à agricultura nos países desenvolvidos (caso da PAC na UE).

Pelo menos é o que este artigo da Chatham House, indicia, tendo como base este relatório.

O valor dos alimentos, nos tempos e sociedade actuais, está mais na industria de transformação agro-alimentar e na distribuição do que na produção da matéria prima.

Isto é que os países desenvolvidos devem ter em mente, em vez de apoiarem (subsidiarem) de forma muito forte a produção agrícola mantendo os preços artificialmente baixos.

Quando houver a incapacidade de apoiar e subsidiar esta actividade o que irá acontecer?

Uma escalada brusca dos preços, se entretanto não forem criadas condições para o desenvolvimento agrícola noutras partes do mundo, África em particular.

 

publicado por RPF às 10:25
tags:

31 Janeiro 2009

Quando era 'menino e moço' na minha terra havia 5 olarias, 3 lojas de reparadores de bicicleta e 1 ferrador.

Hoje, cerca de 45 anos depois, nenhum destes negócios subsiste.

O que aconteceu para este 'descalabro'?

Nada mais simples, a sociedade mudou. Mudou de hábitos, de ambições e de gostos, de cultura, de interesses, democratizou-se o consumo de muitos produtos, etc...

Por outro as empresas existem para fornecer bens e serviços que são necessários à sociedade, pela qual as pessoas estão disponíveis para os trocar por dinheiro de acordo com o valor que lhes dão.

Quando uma empresa não é capaz de prestar esse serviço à sociedade, então ou muda ou 'morre'.

Foi o que aconteceu aos oleiros, ao ferreiro e às oficinas de bicicletas, da minha terra.

A sociedade passou a andar de carro (em vez de bicicleta ou mulas), os carros já não eram 'ferrados' regularmente e o aparecimento do alumínio, do inox e do vidro levou à falência dos oleiros.

Este é o processo regenerativo que vivemos sistematicamente na sociedade e na economia e é igual ao que estamos a viver actualmente.

 

 

 

publicado por RPF às 08:41

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9