16 Abril 2009

Os transportes terrestres, de passageiros ou de mercadorias, juntamente com o transporte individual são responsáveis pelo consumo de cerca de 50% do petróleo consumido, à escala mundial, como referido num estudo do Observador Cetelem e cuja noticia pode ser lida aqui.

É, pois, pelo transporte de pessoas e mercadorias que a alteração do paradigma de dependência do petróleo tem de começar, e cada vez é mais urgente.

No transporte individual já foram, e estão, a ser dados alguns passos, mas no transporte publico e de mercadorias, ainda são incipientes.

Felizmente em várias cidades, especialmente dos EUA, começam a aparecer veículos de transporte publico (táxis) que fazem a apelo a novas formas de energia, especialmente híbrida, e que fazem a alteração do paradigma com o aumento da independência em relação aos combustíveis fósseis e às suas variações de preço.

Assim as cidades portuguesas tivessem a mesma perspectiva e incrementassem as alterações necessárias nos transportes públicos, e no futuro nos de mercadorias.

publicado por RPF às 10:37

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9