01 Fevereiro 2010

Hoje no café alguém disse algo que é, no minimo, polémico :

" Oh pá, isto da lei do enriquecimento ilicito é mais contra os proprietários das  pequenas empresas e à sua utilização dos meios das empresas para uso pessoal, do que â corrupção".

Como?

E quase inconcebivel.

Vim para casa a pensar nisso e na realidade veio-me à cabeça que, em muitos casos, não existe uma separação cçara entre as empresas, os seus bens e patimõnio, e os seus proprietários, que existe quem utilize esses valores para uso próprio entendendo que á assim que pode e deve fazer, etc...

Esta confusão entre o proprietário e a empresa, e vice-versa, é talvez o que mais inibe o desenvolvimento e profissionalizaçao das empresas, ao mesmo tempo que é 'irregular'

No final, e não querendo acreditar nesta conclusão, parece que poderá mesmo ter um impacto grande onde menos se esperava.

publicado por RPF às 11:22

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
19
20

21
22
25
27

28