04 Julho 2009

Há muitos de nós, cidadãos da UE, que ainda não entendemos que a resolução da crise actual só se fará dentro do quadro da UE e não será um problema de cada país 'de per si'.

Esse entendimento foi visível nas ultimas eleições europeias onde, em vários países, se procurou 'castigar' dos governos em vez de procurar as soluções globais e conjuntas para a crise.

O artigo de José Ignacio Torreblanca, no El País, intitulado São precisos 27 para salvar a Europa pretende mostrar essa situação.

publicado por RPF às 09:05

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

16

19
20
22
23