19 Janeiro 2010

Se eu necessitar de gastar mais do que o que ganho para usufruir de um determinado nível de bem estar, então só me resta pedir a um amigo, vizinho ou uma organização que me empreste os recursos de que não disponho.

Ora tal só sucederá que a pessoa a quem eu pedi tiver feito poupanças o que para tal o obrigou a prescindir de um nível de bem estar que poderia ter se tivesse utilizado os recursos disponíveis em consumo e não em poupança.

Os Estado são como as pessoas, para que alguns vivam acima das suas possibilidades, face à riqueza que geram, é necessário que outros vivam abaixo das suas possibilidades para criar adicionalmente poupança que ajudará outros, usufruímos dos sacrifícios dos outros porque não nos queremos sacrificar.

 

NOTA ; não nos podemos esquecer que o maior emprestador mundial é a China.

publicado por RPF às 10:20
tags:

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17

24
30

31