11 Julho 2008

Estive a assistir ao debate do Estado da Nação.

O que mais me marcou foi o facto do CDS (ou CDS/PP) ter assinado o seu enterro. Porquê?

Parece ser um grupo de 'yes men' (calma, também tem uma 'yes woman') que nem são capazes de confrontar a liderança com outras opiniões e levá-la a entender que num debate deste tipo o importante é fazer uma análise da realidade e propor acções que possibilitem alterar o futuro melhorando a segurança, prosperidade e bem estar.

O que ficou, do CDS (ou CDS/PP), neste debate a necessidade de termos o seu líder como 'o oráculo do regime'.

Parece que 'advinha' o futuro, mas não me lembro (nem do seu discurso) de nenhuma previsão que se tenha verificado ou venha a verificar.

Este discurso, ou muito me engano, ou foi um 'suicídio'.

 

publicado por RPF às 07:41
tags:

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9