27 Agosto 2008

Uma das questões que mais ocupam os portugueses, em alguns dias do ano, são as desigualdades de rendimentos.

Um dos motivos dessas desigualdades radicam na forma com os empregadores olham para os seus colaboradores, os avaliam e o modo como 'temem' perde-los.

Este artigo de Freek Vermeulen suportado num estudo efectuado por Boris Groysberg mostra que muitas vezes é sobrevalorizada a 'perda' de colaboradores especializados em detrimento de outros.

É uma outra forma de olhar, dentro de uma organização, para a partilha dos rendimentos sem os 'receios' de perca por algumas situações particulares.

 

publicado por RPF às 07:28

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9