19 Outubro 2008

É óbvio que ao vencer um prémio Nobel se desperta a curiosidade sobre quem é a pessoa e como trabalha.

O caso de Paul Krugman ainda é mais relevante pelo impacto que teve ultimamente na descrição da crise financeira mundial e de quais as soluções que considerava mais adequadas.

Também pelo facto de ter sido o economista que mais popularizou a economia através dos seus escritos, seja no seu blog seja no The New York Times (nunca tive o privilégio de assistir a uma das suas aulas), essencialmente pela linguagem acessível que utiliza para descrever a economia.

Para satisfazer a curiosidade deixo aqui uma autobiografia, escrita em 1992, e uma descrição, também feita pelo próprio, sobre a forma como trabalha.

Ambas são interessantes e justificam o esforço de tradução necessário.

 

 

 

 

publicado por RPF às 09:37

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9