30 Dezembro 2008

Parece que a crise está a afectar as vendas esperadas para este Natal e Passagem de Ano.

Está fora de questão que vamos ter uma crise económica, após a financeira, e da qual já se começam a ver alguns factores : mais dificuldade em aceder ao crédito por um maior rigor na análise de risco, algumas empresas a reduzir a sua produção (seria excedentária?), previsível aumento do desemprego, etc.

Mas, vamos lá a ver se percebi, há algum tempo atrás (poucos meses) o que estava a estrangular os portugueses era : taxa de juros para empréstimo à habitação, combustíveis com preços elevados e inflação em alta.

Neste momento temos o seguinte cenário : a EURIBOR a descer significativamente (mensalidades do empréstimo à habitação, mais barato), os combustíveis a descer de forma sistemática, inflação em queda, etc.....

Tudo isto significa mais dinheiro no bolso das pessoas pelo que não entendo esta retracção no consumo, neste momento. Será que as poupanças estão a aumentar ao mesmo ritmo da quebra do consumo?

Deste modo não percebi onde é que está crise, HOJE?

Será que é algo que existe porque se fala continuamente nisso, apesar os indícios que apontam que ainda não chegou, em força?

Ou somos nós que gostamos de nos martirizar antes de agir?

Alguém me pode explicar?.

 

publicado por RPF às 09:02

mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9