09 Junho 2008

Li um postal do F J Viegas, no blog Origem das Espécies, com que não posso estar mais de acordo em particular na parte em que refere:

"E é das autarquias, em geral, que julgam deter o título de propriedade das cidades que administram".

Na realidade muitas das as autarquias acreditam que são os os 'donos e senhores' dos espaços públicos actuando como os novos terra tenentes. Aplicando regulamentos, taxas e coimas com o objectivo de conseguir as receitas que creiam indispensáveis para cumprir a sua função.

Na realidade a sua responsabilidade, delegada pelos munícipes, é o gerir os recursos que lhes são disponibilizados por forma a conseguir segurança, prosperidade e bem estar a todos os que lá habitam.

São estes princípios que devem nortear a sua acção e nos possibilitam avaliar o seu trabalho.

As autarquias estão em competição umas com as outras ( e não é só com os vizinhos), apesar de tardarem em reconhecer esse facto. É por isso que umas se desenvolvem, outras estagnam e outras regridem.

publicado por RPF às 09:00

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14