13 Junho 2008

Ainda não se conhecem os resultados do referendo na Irlanda mas todos os dados apontam para uma vitória do NÃO.

Se tal acontecer significa que o Tratado não pode entrar em vigor (?).

Ainda não é altura de analisar porque é que os irlandeses votaram nesse sentido, se for confirmado, mas tal deverá ser feito.

Há no entanto uma demonstração que já fizeram : a situação actual tem de ser alterada, não é possível uma minoria, duma minoria, bloquear todos os outros.

Vamos aguardar pelos resultados.

 

publicado por RPF às 13:42

13 Junho 2008

O aumento dos preços dos combustíveis tem um impacto imenso no estilo de vida que temos desenvolvido e na própria noção de segurança que temos.

Damos como adquirido (seguro) que temos bombas de abastecimento abertas 24H/dia, que os telemóveis funcionam sempre, que a Internet está sempre disponível, que quando abrimos uma torneira sai água, que se ligarmos um aparelho ele funciona (há energia eléctrica), etc, etc, etc.

Foi neste mundo que fomos criados.

Para os nossos pais não foi assim. É será que no futuro vai ser sempre assim?

Deveremos colocarmo-nos, sempre, estas duvidas e ouvir os sinais de aviso que nos são dados.

Neste caso dos combustíveis existem muitos que referem que se trata de especulação.

Para haver especulação é necessário ter o produto, armazená-lo e colocá-lo, no mercado, a conta-gotas para diminuir a oferta para aumentar o preço face ao 'valor' .

É o que se está a passar?

Há quem diga que sim e quem diga que não.

Li uma entrevista feita a dois professores da Wharton (University of Pennsylvania), Jeremy Siegel e Witold Henisz que indicia que é a falta de certezas que nos colocam aqui.

A incerteza é o maior motor das alterações tecnológicas, de negócio e de estratégia.

Esperemos que aconteça o mesmo sobre os combustíveis.


13 Junho 2008

A SIC montou uma grande operação para a cobertura das marchas de Lisboa que estive a ver.

Eu sei que é intelectualmente 'piroso' mas mesmo assim gosto.

Ao fim deste tempo fiquei desiludido.

O que interessa é :  a cor, a coreografia, a musica e as quadras.

 A realização não é uma das áreas que domine ou conheça mas sei que os espectadores esperavam a combinação acima referida.

A SIC não o conseguiu porque falhou nas quadras (voz) que eram incompreensíveis o que retira muito do brilho da transmissão.

Não seria possível ter colocado microfones em dois dos marchantes (homem e mulher)?

Desta forma o espectáculo, com apresentação e ritmo adequado, perde muito do seu encanto.

Ponto a corrigir no futuro.

 

publicado por RPF às 06:40
tags:

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14