23 Fevereiro 2009

Já não há mês nenhum em que não sejamos surpreendidos por uma qualquer noticia que acaba com a ideia que tínhamos sobre um, ou mais alimentos.

Ora hoje faz muito bem, ora amanhã faz muito mal, ou vice versa.

Agora é a sardinha e o salmão. Ainda ontem eram dos peixes que se deviam comer porque ...blá, blá, a gordura é .. blá, blá.

Hoje ao ler a noticia, no Ciência Hoje, do estudo da Universidade do Porto, já não sei o que comer.

Quanto ao salmão, não tenho duvidas, está cortado (também não gosto), mas agora um sardinha assada (e daqui a mais 3 meses começa a época dela) é que não pode ser.

Vou esperar, que até Junho, haja mais algum estudo que diga o contrário deste para poder comer descansado e não em sobressalto.

 

publicado por RPF às 15:22
tags:

23 Fevereiro 2009

Para além do Canadá há outro país, e este da UE, que parece andar fugido da crise económica mundial, a Áustria.

Alguém sabe porquê?. Será porque uma das escolas económicas mais relevantes do mundo (Ludwig Von Mises Institute é o seu mais conhecido representante) é a austriaca, e eles não cometeram os erros que os outros cometeram?.

Se alguém souber, que diga.

( ... )

 

publicado por RPF às 12:21

23 Fevereiro 2009

Descobri num artigo do blog do Ludwig Von Mises Institute, esta frase de Von Mises, como comentário critico à actuação dos Governos durante a Grande Depressão.

Apesar do tempo já passado vale a pena transcrevê-la:

 

"If everything possible is done to prevent the market from fulfilling its function of bringing supply and demand into balance, it should come as no surprise that a serious disproportionality between supply and demand persists, that commodities remain unsold, factories stand idle, millions are unemployed, destitution and misery are growing and that finally, in the wake of all these, destructive radicalism is rampant in politics . . . With the economic crisis, the breakdown of interventionist policy -- the policy being followed today by all governments, irrespective of whether they are responsible to parliaments or rule openly as dictatorhsips -- becomes apparent. Hampering the functions of the market and the formation of prices does not create order. Instead it leads to chaos, to economic crisis."

( ... )

 

publicado por RPF às 10:23

subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9