07 Novembro 2008

A queda da Islândia, provocada pelo seu sistema bancário, já tinha sido prevista no inicio de 2008.

Willem Buiter e Anne Sibert tinham apontado as fraquezas do sistema bancário da Islândia e preconizado algumas medidas para evitar o colapso. O problema é que o tempo foi curto.

Neste artigo fazem um resumo do relatório, que foi mantido secreto pelas autoridades islandesas.

As quatro razões fundamentais que apontam como ameaças à sustentabilidade do sistemas são : a) um país pequeno, b) um sector bancário muito grande, c) uma moeda própria e d) fraca capacidade fiscal.

As conclusões e lições para outros é de que a Suíça, a Dinamarca, a Suécia e o Reino Unido podem vir a enfrentar os mesmo problemas porque reúnem os mesmos factores que levaram à falência da Islândia.

Será por isso que a Dinamarca já fala em entrar para o EURO?.

E a Suécia e o Reino Unido, serão os próximos?.

 

 

 

 

 

 

publicado por RPF às 08:02

mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9