22 Novembro 2008

Estou muito baralhado, e vocês?

É que agora a minha duvida é se o problema é o modelo de avaliação de professores (os critérios, as competências, os objectivos, os resultados) ou a sua aplicação prática.

É que é diferente uma coisa ou outra.

Sempre acreditei, por aquilo que tinha ouvido, que o problema era da aplicação (muito burocrática, administrativa e consumidora de tempo).

Afinal parece, agora, que o que está em causa é o modelo.

Isto é como queremos acabar com o rendimento mínimo para idosos que têm rendimentos abaixo do limiar de pobreza (modelo) porque a sua aplicação é difícil (necessidade de fazer o comprovativo do rendimento individual e dos descendentes).

Afinal qual é o problema, o modelo ou a sua aplicação?

Por aquilo que tenho ouvido nos últimos tempos é tudo, isto é, não queremos nada.

 

publicado por RPF às 10:46

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

3 seguidores

pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9